"Quando eu era criança, eu tinha uma boneca ...." que mulher nunca começou a contar uma estória de infância com essa frase? As bonecas, geralmente, são as companheiras de toda menina, mas o tempo passa e quando nos damos conta, elas se foram. Você tem saudades das suas? Então te convido a passear pela história das bonecas que marcaram época no Brasil e no mundo. Puxe uma cadeira, pegue uma xícara e venha tomar um chá, acompanhada das bonecas que marcaram a minha, a sua, a nossa infância. Venha para o meu chá de bonecas! Seja muito bem vindo (a)! Beijinhos, Gigi.

domingo, 30 de novembro de 2014

Brinquedos Estrela, Parte I


A mais tradicional e conhecida empresa de brinquedos do mercado brasileiro, a Manufatura de Brinquedos Estrela S.A foi fundada em 25 de junho de 1937, continuando em atividade até os dias de hoje, e se tornou referência no mercado brasileiro desde então. Tudo começou quando o alemão Siegfried Adler decidiu comprar uma pequena fábrica falida de bonecas de pano e carrinhos de madeira, que existia na cidade de São Paulo. Logo foi lançada a primeira boneca da nova empresa, com 38cm, rosto de massa e corpo em tecido. 

Já na década de 40, a empresa mostra que chegou para ficar, e lança o cachorro Mimoso: o primeiro brinquedo de fabricação brasileira feito em madeira que se movimentava e produzia som. Foi um grande sucesso! A Estrela já começava a dar sinais da grande potencia que se tornaria. Ainda na década de 40, a empresa lança um de seus maiores sucessos, o Banco Imobiliário, versão brasileira do Monopoly, da americana Parker Brothers, o jogo de tabuleiro mais vendido do mundo. Banco Imobiliário foi um dos primeiros de muitos produtos que a empresa viria a adquirir licença com empresas estrangeiras para a fabricação no Brasil, (algumas de suas bonecas mais famosas, como a Amiguinha, Gui Gui, Barbie, Susi, Moranguinho, etc, também surgiram assim). 

Boneca de massa Estrela, década de 50, 1953/54

As bonecas, que até o final dos anos 40 eram feitas de massa, Agora nos anos 50 começam a ser fabricadas com plástico inquebrável, conhecido como polietileno. Assim chegou a Pupi, uma boneca articulada de 35 cm, que “dormia e chorava”. Logo a empresa começa a investir na produção de bonecos de vinil, para bebês e crianças pequenas.

Boneca Estrelinha, Mini Doll da Estrela, 1953

Boneca Pupi Estrela, 1950, a primeira boneca Estrela de polietileno

(Continua http://chadebonecascomgigifernandes.blogspot.com.br/2014/11/brinquedos-estrela-parte-ii.html ...)
obs: As informações contidas nesse artigo foram adquiridas em páginas pela internet, tendo como principal fonte de pesquisa o blog http://mundodasmarcas.blogspot.com.br e o site http://www.estrela.com.br/historia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe um comentário. Sua opinião é muito importante!